Anúncios

Com o avanço do Corona vírus, o planejamento para uma viagem teve de ser mudado, por uma viagem não ter sido feita, tendo de ser remarcada ou cancelada. Por isso resolvemos trazer algumas orientações para o seu novo planejamento em época de pandemia pelo mundo e que poderão ajudar aos viajantes, não somente nessas situações como em muitas outras e numa viagem.

No mundo houve uma rápida disseminação da COVID-19, com milhares de pessoas infectadas e muitas mortes, que levou a ser declarada uma pandemia. Embora necessárias muitas medidas sendo impostas para que seja freado o avanço dessa terrível doença, o que acabou por impactar as viagens de férias, tanto para o exterior como no Brasil.

Muitas fronteiras foram fechadas, houve também uma quarentena obrigatória na chegada a um país, com diversos eventos que foram cancelados, com atrações fechadas, outras formas de quarentena que foram obrigatórias na chegada em um local, com muitos eventos e diversos voos que foram cancelados pelas próprias companhias.

Passagens aéreas relâmpago da LATAM só hoje.
Acessar agora➝
Promoções Relâmpago para todo o Brasil.
a partir de 129,90➝
Passagens aéreas em promoção voe gol a partir de 99,90.
Ver disponibilidade➝

Com tudo isso, o maior medo dos turistas foi o de ficar preso em um país e não conseguir voltar para casa ou ainda o pior dos medos, que era o de ser infectado por esse terrível vírus. Embora, há ainda casos de pessoas testarem positivo para essa doença, no mundo todo e em muitos lugares toda essa situação já está caminhando para uma normalidade em muitos países.

Em alguns países também, os especialistas afirmam que esse contágio ainda não atingiu o seu pico, devendo mais tempo para o controle de toda essa situação. O importante para os viajantes é que eles tomem cuidados, saibam sobre toda a situação atual dos países e das cidades que pretendem conhecer durante a sua viagem, verificando o número de mortes ou de restrições impostas numa região.

Orientações importantes 

A pergunta que ainda é uma incógnita é a de quando será possível viajar com total segurança para um destino. Até o mês de julho a recomendação é a de que aguarde um pouco mais, por ainda não se ter como prever que essa situação em alguns países ainda esteja com risco de contágio e há uma previsão otimista a partir de agosto, com esse cenário começando a mudar.

O que ainda não está garantido, dependendo dos esforços que são dos países. A orientação é a de que o viajante possa se manter de olho em todas as informações que estão relacionadas ao turismo e á saúde. Cada caso deverá ser analisado de forma individual e algumas dessas viagens deverão ser remarcadas ou canceladas, se for o caso.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) classificou como uma pandemia, o que se trata de uma situação em que uma doença que é infecciosa ameaça muitas pessoas em todo o mundo e de forma simultânea. As seguradoras não oferecem coberturas para os casos relacionados a pandemias, epidemias e surtos. São denominados ´´riscos excluídos“ e eles não estão incluídos em uma cobertura.

Cada companhia aérea, empresa hoteleira ou agência de viagem tem as suas próprias regras, que são de cancelamento ou de alterações em voos, que são pautadas na legislação que é a correspondente. O Código de Defesa do Consumidor no artigo 6º dá respaldo para os passageiros que querem cancelar uma viagem.

O artigo determina que, são direitos básicos do consumidor a proteção da vida, da saúde e da segurança contra os riscos que podem ser provocados por práticas e no fornecimento de produtos ou de serviços que são considerados como nocivos. O consumidor em primeiro lugar deve entrar em contato com a empresa, para solicitar uma alteração ou cancelamento sem ônus algum.

Alguns posicionamentos em relação ás empresas

Diante da pandemia de Corona vírus, muitas companhias aéreas decidiram flexibilizarem as suas regras e dependendo do destino dessa viagem. Muitas companhias aéreas, empresas que são de hospedagem, agência de viagem e cruzeiro já se posicionarem com relação a todas as políticas que devem ser tomadas em relação a uma viagem na pandemia.

Empresas que são de hospedagens já declararam Situação de Força Maior, para que seja garantida uma segurança dos hóspedes e de seus parceiros. Algumas viagens que são cobertas por políticas empresariais, há opções de cancelamentos de reservas sem penalidades e para o reembolso integral. O viajante deve entrar em contato com a sua empresa para negociar.

No dia 13/03/2020, o Ministério da Saúde emitiu um comunicado que determinou a suspensão que é dos Cruzeiros na costa do Brasil. Foi uma medida que visou a evitar o avanço do Coronavírus num país, uma vez que diversos cruzeiros, muitas pessoas e estrangeiros nacionais ficaram confinados, o que pode aumentar ainda mais o risco de transmissão da doença.

Os cancelamentos sem cobranças de multas por parte dos hóspedes, alguns deles com reembolso total, outros com créditos para serem usados por outras viagens, devem ser informados com todos os detalhes pelo site da companhia. Para que a segurança sanitária seja reforçada. O passageiro também deverá seguir a todos os protocolos sugeridos pelos órgãos de saúde.

As medidas adotadas devem ser antes, durante e depois de uma viagem. A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e o Governo Federal publicaram medidas para que sejam resguardados os direitos dos passageiros das viagens aéreas, como o de os passageiros que queiram adiar a sua viagem, fiquem isento de cobrança de multa contratual, ao aceitarem um crédito.

Ao escolher por cancelar o voo, decidindo pelo seu reembolso, ele estará sujeito às regras que são contratuais de tarifa adquirida, num prazo para reembolso que é de 12 meses. O passageiro deverá ser comunicado por uma empresa aérea sobre uma eventual alteração programada do voo, que deverá ser com uma antecedência mínima de 24 horas.

Para os casos de alteração que é programada, o cancelamento ou a interrupção de um voo, deverá ser assegurado a reacomodação desse passageiro em voo de terceiro, quando não tiver uma disponibilidade de voo que é da própria empresa. Se o país tiver medidas de restrição local das fronteiras decretadas, entre em contato com o serviço consular local. Fique atento a todas essas orientações.       

Saiba mais sobre isso 

You May Also Like

7 praias de Recife que você precisa conhecer

Anúncios Se você faz parte do amplo grupo de pessoas que ama…

Viagem de carro, as melhores para serem feitas pelo Brasil

Anúncios Viagem de carro pode ser feita sozinho ou na companhia dos…

Dicas para economizar dinheiro para realizar uma viagem

Anúncios Ano novo começando e muitas pessoas, já estão pensando em viajar.…