Anúncios

Embora a pandemia esteja praticamente controlada, viajar ainda pode representar um risco, sobretudo para países da Europa, onde o vírus está assustando novamente, com os números de casos aumentando a cada dia. 

Com esse cenário, pegar um avião e ir até outro país pode não ser uma boa ideia. Sem contar os custos, que ainda são elevados se pensarmos na crise econômica em que nosso país está mergulhado. 

Mas isso não significa que você deva deixar de viajar. Com os devidos cuidados, é possível se divertir dentro de nosso país. E o Brasil oferece destinos escondidos incríveis, que são verdadeiras atrações a parte. 

Passagens aéreas relâmpago da LATAM só hoje.
Acessar agora➝
Promoções Relâmpago para todo o Brasil.
a partir de 129,90➝
Passagens aéreas em promoção voe gol a partir de 99,90.
Ver disponibilidade➝

Para ajudar quem quer conhecer o Brasil, mas quer fugir dos pontos balados, separamos uma lista com lugares escondidos para conhecer em nosso país. Confira. 

Ilha do Araújo (Rio de Janeiro)

Esse paraíso fica a 300 metros da costa de Paraty e é praticamente desconhecida. Pelo menos da maioria dos turistas. Ali, é possível experimentar o turismo caiçara sustentável local, onde o visitante pode conhecer a história da ilha e, ao mesmo tempo, interagir com os poucos moradores da região. 

Para chegar à Ilha do Araújo, o ideal é alugar um carro no Rio de Janeiro. O trajeto dura pouco mais de quatro horas pela BR-101. Chegando lá, é preciso fazer a travessia de barco via táxi-boats, pagando uma pequena taxa. 

Quem quer pernoitar pela ilha pode se hospedar em uma das pousadas da região. Na Ilha, além das praias, os turistas podem conhecer tocas e grutas, além da Igreja de São Pedro, as casas de farinha, a biblioteca comunitária e o centro cultural. 

Ilha Comprida (São Paulo)

Localizada no litoral sul de São Paulo, a Ilha Comprida é um local desconhecido e perfeito para quem quer relaxar, longe da correria da capital paulista. 

Com cerca de 10 mil habitantes, Ilha Comprida é dividida em diversas vilas, como a Viaréggio, Pedrinhas e Ostras Juruvauva. Para conhecer esses vilarejos, basta acessar as trilhas que as conectam. Algumas trilhas famosas são a Vila Nova (sítio Arthur) e a Juruvauva (Pedrinhas). 

Quem está na capital paulista, é possível ir até Ilha Comprida alugando um carro. É possível chegar até lá via Regis Bittencourt, acessando o local de carro via Ponte Prefeito Laércio Ribeiro. 

Para o pernoite existem diversas pousadas. Para os amantes de esportes náuticos, a região oferece alternativas como a vela, o surf e a pesca amadora. 

Ilha de Superagui (Paraná)

Escondida atrás da Ilha do Mel, a Ilha de Superagui é o lar de mil moradores, que dão uma aura encantadora ao local. Hospitalidade e tranquilidade, aliás, são as marcas desse povoado. 

Por essas características, a Ilha de Superagui é perfeita para quem procura um lugar calmo, para descansar. Para chegar ao local o ideal é vir pelo Porto de Paranaguá. Quem vem de avião deve aterrissar em Curitiba, o aeroporto mais próximo. 

Na Ilha de Superagui é possível fazer passeios de barcos e conhecer outras ilhas da região. Já a hospedagem pode ser feita em pousadas ou, ainda, em campings de frente para o mar. 

Carrancas (Minas Gerais)

Localizada a aproximadamente 300 km ao sul de Belo Horizonte, Carrancas é a Terra das Cachoeiras. O local tem mais de 30 atrações, sendo 70 atrações naturais. 

Quem visita a região não deve perder a chance de conhecer as cachoeiras do Índio, dos Anjos e a do Grilo. A região tem, ainda, serras, grutas, poços e trilhas com diversos níveis. 

Com 4 mil habitantes, Carrancas tem igrejinhas, construções históricas e o melhor da gastronomia mineira, em especial o queijo e a cachaça locais. 

Quem sai de Belo Horizonte leva cerca de quatro horas para chegar à região. De carro, você pode conhecer, também, Tiradentes e São João Del Rei antes de chegar a Carrancas. 

A região conta com várias pousadas para receber os turistas que querem desbravar os segredos de Carrancas. Ali é possível também conhecer o sítio arqueológico Pala de Zilda, que abriga pinturas rupestres e dá acesso à Cachoeira do Índio. 

Guaruva (Santa Catarina)

Localizada na fronteira com o Paraná, a cidade de Guaruva oferece várias surpresas aos viajantes. Cercada pela Mata Atlântica, a região tem rios de águas cristalinas, grandes formações rochosas e rios com correntezas fortes. 

O forte de Guaruva são os esportes náuticos, como boia-cross, canoagem e rafting. Além disso, é possível admirar as cachoeiras da região, como a Cachoeira do Quiriri. 

Para chegar à Guaruva é possível ir de avião, via Curitiba. De carro, é possível chegar ao local via BR-376 em direção à Guaruva. Na cidade, é possível se hospedar em campings ou em hotéis fazenda. 

Quem chega a Guaruva pode conhecer atrações como o Rio Monte Crista, a Pedra da Judite e o Caminho Peabiru. 

Maquiné (Rio Grande do Sul)

Localizada a 130 km de Porto Alegre, Maquiné é a capital do verde e marcada por estradas de chão cercadas por uma boa cobertura de Mata Atlântica, borboletas e um clima típico do interior, além de belíssimas cachoeiras. 

Quem chega a Barra do Ouro, um distrito de Maquiné, conhece a Cachoeira Garapiá. Muito procurada no verão, essa cascata está localizada em uma propriedade privada e, por isso, é preciso pagar uma pequena taxa para acessar o local. 

A região guarda, ainda, a Cascata da Forqueta. Cotinuação da estrada do Guarapiá, a cachoeira tem uma trilha de cerca de 380 metros. Por sua dificuldade, não é todo mundo que consegue chegar até ela. Mas quem chega fica encantado pela sua beleza, com uma queda d’água de 78 metros. 

Para conhecer tudo o que a região tem a oferecer, o ideal é alugar um carro em Porto Alegre. Fique atento à estrada, já que as bifurcações podem confundir, e existem barragens que podem atrapalhar o caminho usando um carro. 

Para não se perder, apele aos mapas e dicas de quem conhece mais a região. Vai pernoitar? Campings e pousadas podem ser ótimas opções de hospedagem. 

Com essas dicas, você pode conhecer belezas desconhecidas do Brasil, sem gastar tanto e ainda ficando em contato com a natureza. Encantador, não é mesmo?

Saiba mais sobre isso 

You May Also Like

O impacto que o turismo sofrerá em 2020

Anúncios Com o impacto dessa pandemia do COVID-19, o turismo será e…

Os diferentes tipos de bilhetes de uma passagem aérea

Anúncios Um bilhete de passagem aérea é uma ferramenta, a qual são…

Quais as funções de um agente de uma agência de viagens e turismo?

Anúncios Você tem ideia quais as funções de um agente de uma…