Anúncios

Quando se pensa em viajar para a Europa, a Geórgia geralmente passa por baixo dos panos, porém nos dias de hoje muitas pessoas já estão conhecendo esse país. De fato, nos últimos anos, o turismo nesse país vem crescendo bastante e já desponta como o quarto destino que mais cresceu em número de visitantes.

A Georgia é uma velha conhecida de aventureiros, os quais se dirigem para essa localidade pensando nas caminhadas nas suas montanhas, porém a sua expansão turística vem muito graças ao aumento do interesse em conhecer a sua capital Tbilisi, já que houve um grande aumento dos voos low-cost.

Porém este ex-membro da república socialista soviética apresenta uma capital surpreendente, mas também apresenta pequenos vilarejos medievais, florestas intocadas, montanhas majestosas e planícies com vinheiras. É muito difícil encontrar adjetivos para descrever como são os encantos desta nação.

Passagens aéreas relâmpago da LATAM só hoje.
Acessar agora➝
Promoções Relâmpago para todo o Brasil.
a partir de 129,90➝
Passagens aéreas em promoção voe gol a partir de 99,90.
Ver disponibilidade➝

 

Conhecendo a Geórgia

O grande apelo da Geórgia é realmente a sua Capital, Tbilisi, que é flanqueada pelo rio Mtkvari e pelo monte Mtatsminda. O seu centro histórico reúne diferentes influências e devido a sua posição geográfica estratégica, ao longo de 15 séculos, favoreceu o encontro entre diferentes culturas e religiões.

O resultado é uma cidade bastante complexa, com igrejas ortodoxas, sinagogas, mesquitas, banhos turcos, átrios persas, balcões tártaros, cúpulas russas e as famosas casas com terraços de madeira suspensos. Gerando uma cidade que apresenta uma desordem oriental, mas com a dinâmica europeia.

Contando com os seus longos anos de história, ela também conta com um histórico de destruição: apresenta um total de 29 devastações e o mesmo número de reconstrução. Além de separar a Europa da Ásia e o cristianismo do islamismo, Tbilisi sempre esteve cercadas de vizinhos historicamente poderosos, como é o caso da Rússia, Turquia e Irã, sendo que esses países invadiram sucessivamente o seu perímetro.

Dessa forma Tbilisi é um verdadeiro livro de história ao ar livre. Uma vez na cidade não esqueça de conhecer o castelo de Narikala e principalmente chegar até o seu miradouro, onde é possível ter uma vista maravilhosa da capital. Além disso, aproveite para visitar o Jardim Botânico Nacional.

Por apresentar uma grande variedade de religiões, é interessante conhecer em Tbilisi, a igreja de Sioni, a basílica de Anchi Khati e a igreja Javaris Mama. Uma atração bastante bizarra se encontra ao lado da basílica de Anchi Khati, que é uma torre inclinada de um antigo teatro de marionetes, sendo que de tão degradada é preciso uma viga de aço para deixar a estrutura estabilizada.

Além disso, Tbilisi conta com uma grande quantidade de espaços culturais, como livrarias, óperas, teatros, cinemas, galerias de arte e museus – sendo que os museus mais conhecidos são o Museu Nacional Georgiano, Museu de Belas-Artes e o Museu de Arte.

 

Saindo de Tbilisi

Como o país é relativamente pequeno, diversos passeios podem ser feitos em um único dia, sendo que eles podem sair da própria capital do país. Dentre os melhores passeios que você pode realizar na Geórgia, destacam-se a cidade histórica de Akhaltsikhe, a remota vila de Sighnaghi e o monte Kazbek, no Cáucaso.

 

Akhaltsikhe

Próximo a fronteira da Geórgia com a Turquia e a Armênia, encontra-se a região de Samtskhe-Javakheti, onde a primeira parada precisa ser feita na cidade de Borjomi, que é conhecidíssima parla sua água mineral, que é um dos produtos mais exportados do país.

Borjomi é uma cidadezinha termal, bastante típica da Europa, com mansões coloridas e contornada por um rio. Nessa cidade é possível encontrar hotéis de luxo, spas e restaurantes para todos os viajantes. Sua principal atração turística é o seu teleférico que leva ao monte que sombreia a localidade, onde no seu topo é possível ver o quão majestosa são as montanhas do Cáucaso.

Mas esse primeiro destino é para Akhaltsikhe que conta com mais de oitocentos anos de história e com uma fortificação bastante singular: o castelo de Rabati. Essa fortificação, erguida no século IX, foi sendo modificada ao longo do tempo, principalmente pelos impérios otomanos e russos, os quais deixaram com a sua estrutura de hoje. 

Portanto essa cidade medieval foi impecavelmente restaurada e que vale cada minuto de sua visita, sendo interessante visitar a mesquita de Ahmadiyya, seu museu de história, jardins, restaurantes, lojas e hotel.

Porém o local de visita aqui é o Mosteiro de Sapara, que é um dos mais importantes da Georgia e ele pode ser considerado uma verdadeira viagem no tempo, já que sua edificação data do século IX e que mesmo após algumas modificações pelos soviéticos, ele mantém basicamente a mesma estrutura.

Outro ponto interessante da região é a região de Kakheti, que é considerada o centro vinícola do país. Aliás uma curiosidade, os vestígios de vinho mais antigos do mundo foram encontrados na Geórgia, e foram datadas no sexto milênio A.C.

Conhecendo o Cáucaso

É inimaginável conhecer a Geórgia e não passar um tempo no Cáucaso. Apesar das estradas do país serem horríveis, a boa notícia é que a cordilheira está próxima da capital Tbilisi, distante apenas duas horas.

Assim um dos locais que precisam ser visitados é o monte Kazbek, porém esse local está rodeado por repúblicas russas semiautônomas e bastante instáveis, como é o caso da Ossétia do Norte, Ossétia do Sul, Inguchétia e Chechênia.

A estrada que liga Tbilisi a Kazbek por si só já é interessantíssima, pois é uma via sinuosa de apenas duas faixas e que acompanha toda a montanha, entregando penhasco vertiginosos, pode-se dizer que o tanto que essa estrada é perigosa ela também é bela.

Outro local muito incrível de se conhecer é o Mq Inverte Veri, que nada mais é do que um impressionante vulcão adormecido e com 5047 metros de altura. Ele é considerado sagrado pela população local, que denominam esse vulcão com a Montanha de Cristo, pois acreditam que o berço de Jesus se localizava nesse local, alguns ainda mencionam que o vulcão guardava a tenda de Abraão ou ainda foi nesse vulcão que Prometeu foi castigado por Zeus.

Para os visitantes que queiram conhecer mais profundamente o misticismo georgiano a respeito da montanha, podem subir ao Kazbek caminhando, por uma trilha de aproximadamente quatro dias. Porém existe um caminho menos aventureiro e mais rápido, que leva até o monte vizinho, que se localiza a 2170 metros de altura e onde é possível conhecer a Igreja Ortodoxa de Gergeti. 

Essa localização bastante solitária se tornou um ícone da Geórgia, entregando para o mundo uma vista deslumbrante para o Kazbek e por consequência para o Cáucaso.

Saiba mais sobre isso 

 

You May Also Like

O que é o turismo de incentivo?

Anúncios Você sabe ou entende o que seja o turismo de incentivo?…

Viagem para Los Angeles – Veja o que fazer na cidade

Anúncios Se você está planejando viajar para fora do país e o…

Quais as diferenças entre Viagens e turismo?

Anúncios Conhece as diferenças entre viagens e turismo? Será que turistas é…